Notícias

6 Horas Ferrari Kart 2017

1 – PARTICIPAÇÃO:

Para participar das 6 horas Ferrari Kart, os pilotos deverão fazer as inscrições na secretaria do Kartódromo Ferrari Kart a partir do dia 17/02/2017.

A taxa de inscrição será de R$1.500,00 (mil e quinhentos reais) por equipe.

Poderá participar da corrida qualquer piloto, não importando se é filiado a uma federação automobilística ou não.

A organização poderá cancelar a corrida se até a data do evento, por qualquer motivo.

 

2 – PROGRAMAÇÃO:

DATA: 01 de abril de 2017

Baterias previamente marcadas: Treinos livres, bateria R$ 110,00

 

HORÁRIOS:

  • 14h00min – 14h30min – Brierfing
  • 15h00min – 15h30min – Sorteio dos karts e Tomada de tempo
  • 16h00min – LARGADA

Deverão participar do briefing pelo menos1 (um) integrante de cada equipe.

 

3 – NÚMERO DE PARTICIPANTES:

O número máximo de equipes participantes será de 20 (vinte).

Às equipes deverão ser compostas por no mínimo (dois) pilotos.

 

4 – INDUMENTÁRIA OBRIGATÓRIA:

Capacete de proteção com viseira, luva, sapato fechado, macacão (que poderão ser emprestados pelo kartódromo) e/ou calça com camisa de manga comprida.

 

5 – EQUIPAMENTO: CHASSI-MOTOR:

Será fornecido pela organização, através de sorteio na presença do piloto responsável, em horário estipulado pela organização.

A organização se reserva o direito de retirar um kart da prova por diferença de desempenho.

Fica proibido qualquer tipo de manutenção nos karts por parte das equipes, devendo o mesmo ser trocado imediatamente.

Caso ocorra de um kart quebrar durante a corrida (cabo do acelerador) o mesmo deverá ser automaticamente trocado.

 

6 – CRONOMETRAGEM:

Será obrigatória para todos os pilotos a utilização do sensor de cronometragem fornecida pela organização.

Se o piloto ingressar na pista sem o sensor ou o mesmo cair durante a prova, sua equipe será penalizada com a perda das voltas que não foram cronometradas.

 

7 – ABASTECIMENTO:

Todos os karts serão abastecidos e reabastecidos pela organização com a mesma quantidade de gasolina.

Se por ventura um kart fique sem gasolina na pista, a equipe será punida com a perda de uma volta ao final da prova.

 

8 – PESO DO PILOTO:

O peso mínimo base obrigatório do piloto deverá ser de 90 (noventa), o piloto que não atingir este peso deverá usar lastros fornecidos pelo kartódromo (barras de chumbo de 5 kg).

Os lastros deverão ser colocados no kart pela própria equipe.

Todos os pilotos que entrarem no box para cumprir a parada obrigatória ou por qualquer outro motivo deverá ser pesado.

A conferência dos lastros será de responsabilidade da equipe.

A punição por falta de peso será imediatamente anunciada pelo serviço de som do kartódromo.

O piloto que estiver abaixo do peso obrigatório será punido com a perda do número de voltas igual ao peso faltante, ou seja, se faltar até 1 (um) kg a equipe perderá 1 volta, até 2 (dois) kg perderá duas voltas e assim sucessivamente. Caso o peso faltante seja acima de 5 (cinco) kg a equipe será desclassificada.

 

9 – PARADAS OBRIGATÓRIAS:

  • Todas as equipes deverão fazer 5 (cinco) paradas obrigatórias, com 5 (cinco) minutos cada.
  • A equipe que terminar a corrida e não tiver feito às 5 (cinco) paradas obrigatórias, a mesma estará automaticamente desclassificada.
  • Ao chegar ao box para a parada obrigatória, o piloto deverá descer do kart, retirar a placa contendo o número de sua equipe e a bolsa com o sensor,passar pela balança para conferencia de peso, assinar a súmula e passar para outro piloto que assumirá a condução de um novo kart a ser sorteado pela organização.
  • A parada obrigatória não será considerada se o piloto não assinar a súmula.
  • Não será permitido parar na pista para fazer o controle do tempo.
  • A equipe que for flagrada parando na pista para controlar o tempo de volta será penalizada em 1 (uma) volta.
  • Sempre que for entrar no parque fechado por qualquer motivo, o piloto deverá levantar a mão na entrada da reta principal sinalizando sua intenção.

AO FINAL DA CORRIDA, OS PILOTOS QUE ESTIVEREM NAS CONDUÇÕES DOS KARTS DEVERÃO SER PESADOS.

O PILOTO QUE DESCER DO KART SEM A AUTORIZAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO AO TÉRMINO DA PROVA ACARRETARÁ NA DESCLASSIFICAÇÃO DE SUA EQUIPE.

 

10 – GRID DE LARGADA

O Grid de Largada será definido através de tomada de tempo.

 

11 – LARGADA:

A largada será no estilo LE MANS.

 

12 – PROVA:

A duração da prova será de 6 (seis) horas mais duas voltas.

Em caso de paralisação por bandeira vermelha, o tempo não será reposto.

Se não houver mais condições de segurança para a continuidade da prova, a mesma se dará por encerrada. O resultado final terá por base a volta anterior aquela em que a prova tiver sido interrompida.

 

13 – COMUNICAÇÃO PISTA E BOX:

É permitido a a utilização de qualquer equipamento de comunicação eletrônica entre o piloto e sua equipe durante a prova, seja via rádio, telefone móvel ou qualquer outro equipamento de transmissão.

14 - TROCA DE PILOTO:

O piloto que chegar ao parque fechado para troca deverá parar o kart em frente ao cone, não podendo desviar ou tocar (derrubar).

Se o kart derrubar o cone, desviar ou tocar em outro kart (de maneira desleal) que estiver parado, a equipe infratora perderá 1 (uma) volta.

Sempre que o kart entrar no parque fechado, por qualquer motivo haverá troca de piloto e kart, exceto no caso previsto no item 12 deste regulamento.

 

15 – QUEBRA NA PISTA:

Em caso de quebra na pista, o piloto deverá tirar a placa de identificação do kart, retornar ao box sem passar pelo laço da cronometragem que fica em frente ao posto de direção de prova (faixa quadriculada), entrando no parque fechado, aguardar a conferencia do peso em seu kart por um fiscal de pista, passar a placa e o sensor a outro piloto de sua equipe. Se o piloto passar pelo laço da cronometragem, (área delimitada) a equipe perderá 1 (uma) volta.

Neste caso poderá ser considerada como uma das paradas obrigatória que tenha 5 minutos.

16 – DA PARALIZAÇÃO DA PROVA:

A prova poderá ser paralisada pelo diretor de prova em função de acidente, remoção de kart, bloqueio de pista ou outra situação de segurança, sendo apresentada a bandeira vermelha no posto do diretor de prova.

No caso de paralisação da prova, na entrada do parque fechado estará um cone com bandeira vermelha sinalizando que será proibido entrar no parque fechado naquele momento.

O kart que não respeitar e entrar no parque fechado deverá sair imediatamente e sua equipe receberá penalização de 1 volta ao final da prova.

No caso de paralisação da prova, os karts poderão ser recolhidos ao parque fechado ou agrupados na reta principal, onde permanecerão até que seja autorizado o reinício da prova, não sendo permitida qualquer manutenção ou reabastecimento.

No caso de haver necessidade de manutenção no kart neste momento, este somente poderá ser feito após o reinicio da prova.

A prova será reiniciada na ordem de classificação da volta anterior a paralisação, completando o tempo previsto no regulamento.

Durante o tempo de neutralização da prova, o tempo continuará sendo contado e não será acrescentado ao seu final.

Mesmo que não tenha sido completado 75% (setenta e cinco por cento) do tempo previsto para a prova, caso o motivo da interrupção da prova seja superior a 1 (uma) hora, a mesma será encerrada.

Não caberá recurso contra a decisão de interrupção ou encerramento da prova.

 

17 – PENALIDADES:

Fica a critério do diretor de provas e sua equipe definirem qual penalização será aplicada a equipe.

 

18 – CASOS OMISSOS:

Qualquer ocorrência que não conste neste regulamento será avaliada e julgada pela comissão organizadora do evento.

 

19 – PREMIAÇÃO:

Troféus de acordo com o descriminado abaixo:

1º lugar - 4 troféus;

2º lugar - 4 troféus;

3º lugar - 4 troféus;

4º lugar - 3 troféus;

5º lugar - 3 troféus;