Notícias

Troféu Ferrari Kart - TFK 2017

REGULAMENTO TÉCNICO E DESPORTIVO 2017

 

 

 

1 – O Troféu Ferrari Kart é um torneio criado com o intuito de servir como "treino" para o campeonato Brasileiro de Kart indoor realizado pela AMIKA e por isso, resolvemos seguir os mesmos moldes das competições realizadas por eles e o regulamento foi cedido pela AMIKA.

 2 - O evento ocorrerá no Kartódromo Ferrari Kart  no dia 3 de setembro de 2017 (domingo) em qualquer condição climática com horários de baterias e cronograma geral sendo informado através do site www.ferrarikart.com.br.

3 - Poderá participar deste torneio qualquer pessoa de ambos os sexos com idade igual ou superior a de 14 anos e que esteja em plena condição física e mental para a prática do esporte. 4 – Todos os participantes deverão assinar um termo de responsabilidade declarando estarem em plenas condições físicas e mentais para a prática do kartismo assumindo toda e qualquer responsabilidade por acidentes e danos físicos durante todo o decorrer do evento. No caso de menores de 18 anos os pais ou responsáveis, devidamente identificados, deverão assinar uma autorização nos mesmos moldes permitindo a participação do menor no evento.

5 - Fica reservada à organização a aprovação, ou não, dos pilotos que se inscreverem, sem que haja necessidade de justificativa.

6 – As regras para inscrição, pagamento, valores e notícias importantes sobre o evento deverão ser acompanhados sempre no site do Ferrari kart no endereço www.ferrarikart.com.br considerando que os pilotos que não cumprirem os prazos de pagamento perderão o direito de participação.

CATEGORIAS 7 – O campeonato terá 2 categorias, sendo estas: 

Master: categoria com participação livre de qualquer piloto de ambos os sexos com lastreamento mínimo de todos os pilotos em 85 kg considerando equipamento.

Graduados: categoria com participação livre de qualquer piloto de ambos os sexos com lastreamento mínimo de todos os pilotos em 100 kg considerando equipamento

Obs: não há exigência de peso mínimo para a participação de um piloto em qualquer categoria, desde que este siga as regras de lastreamento.

FORMA DE DISPUTA

8 - Cada piloto disputará 3 corridas de 15 minutos que serão formadas por um mínimo de 10 e um máximo de 20 participantes, dependendo do número de inscritos e da disponibilidade dos karts apresentados pelo kartódromo.

9 - Ao término da série de 3 baterias por piloto os 15 melhores colocados de cada categoria participarão de uma final composta por 5 minutos de treino classificatório e mais 15 minutos de corrida.

9a: o número de finalistas em cada categoria poderá ser alterado dependendo da quantidade de inscrições recebida em cada uma delas. Caso isso ocorra todos os participantes serão informados com antecedência.

10 - Não haverá método de descartes. Todos os pontos serão computados normalmente.

GRIDS, FORMAÇÃO DE BATERIAS E PONTUAÇÃO

 11 – Cada vez que um piloto for para a pista disputar uma bateria participará de uma “série”, sendo assim teremos três séries de baterias em ambas as categorias.

GRIDS DE LARGADA

Entende-se como “grid de largada” a disposição dos pilotos em seus respectivos lugares antes da largada.

12 - A formação do GRID DE LARGADA de todas as categorias, da série 1, será feita mediante sorteio que será realizado em data previamente marcada e da forma que melhor couber à organização e publicamente para que todos possam acompanhar.

12. 1 - O resultado do sorteio será publicado no site do Ferrari Kart e no mural no dia do evento, para conferência dos pilotos.

13 – A formação do GRID DE LARGADA de todas as categorias na série 2, será dada na ordem inversa do resultado do sorteio realizado para a série 1. Ex: o piloto que largar em 1º na série 1, largará em último na série 2.

14 - A formação do GRID DE LARGADA de todas as categorias na séries 3, será dada através da inversão do resultado da bateria da serie anterior, ou seja, o piloto que chegar em 1º, larga em último, que chegar em 2º larga em penúltimo e assim por diante.

16 – A formação do GRID DE LARGADA nas finais será dada pela ordem de classificação de cada piloto após 5 minutos de treino classificatório (qualify).

FORMAÇÃO DE BATERIAS Entende-se como “formação de baterias” a distribuição dos pilotos dentre as baterias de uma categoria, em casos de categorias com mais de uma bateria de pilotos.

17 – As baterias da série 1 serão formadas, respeitando o sorteio realizado para a formação de grids de largada

18 – As baterias das séries 2 e 3 serão formadas através do cruzamento entre as baterias da série imediatamente anterior. Este cruzamento deverá respeitar o seguinte critério: 1° da bateria 1, 2° da bateria 2, 3° da bateria 3, 4° da bateria 4, 5° da bateria 5 e assim por diante.

18.1 Apesar de matematicamente difícil, em caso de empate entre 2 ou mais pilotos, será realizado um sorteio para definir a posição de cada um no grid.

PONTUAÇÃO Entende-se por “Pontuação”, a aplicação de pontos de acordo com o resultado final de cada piloto e/ou bônus recebidos.

19 - A pontuação de cada piloto obtida em sua respectiva bateria preliminar será dada da seguinte forma:

1º - 35 Pontos

11º - 19 Pontos

2º - 32 Pontos

12º - 18 Pontos

3º - 29 Pontos

13º - 17 Pontos

4º - 27 Pontos

14º - 16 Pontos

5º - 25 Pontos

15º - 15 Pontos

6º - 24 Pontos

16º - 14 Pontos

7º - 23 Pontos

17º - 13 Pontos

8º - 22 Pontos

18º - 12 Pontos

9º - 21 Pontos

19º - 11 Pontos

10º - 20 Pontos

20º - 10 Pontos

 

Caso as Categorias não atinjam o número máximo de vagas dispostas e o número de pilotos por bateria precisar ser recalculado então este item poderá ser alterado e todos os inscritos serão informados com antecedência.

20 - Caso hajam baterias heterogêneas, ou seja, com diferença na quantidade de pilotos, o último colocado da bateria com maior número de pilotos receberá a mesma pontuação do adversário que chegou à sua frente. Por exemplo: 3 baterias com 18 pilotos (o último recebe 12 pontos) e uma bateria com 19 pilotos, o 19° recebe também 12 pontos junto com o 18°.

21 – Nas finais os pilotos recebem pontos de acordo com a sua classificação final ao longo das eliminatórias, ou seja, os pontos conquistados nas eliminatórias não serão aplicados nas finais. O que vai ser considerado será a classificação final do piloto antes das finais para formar uma tabela de BONIFICAÇÃO que beneficiará os pilotos mais bem colocados mas dando chances a todos os finalistas de conquistar o título ou entrar na zona de premiação de forma proporcional ao seu desempenho até então. Desta forma os classificados em ambas as categorias fariam as corridas finais com a seguinte bonificação:

 

22 – A pontuação de cada piloto obtida nas finais seguirá a seguinte tabela de classificação:

 

23 – Em caso de empate, o critério de desempate para definir os finalistas ou os vencedores será:

23a: confronto direto nas finais (quem chegou na frente);

 23b: melhor campanha nas preliminares;

 23c: volta mais rápida;

23d: sorteio na forma que melhor convier à Organização.

USO E SORTEIO DOS KARTS

24 - Em todas as corridas e em todas as séries os karts serão sorteados pela organização da AMIKA através do método que melhor lhe convier. Caso ocorra alguma quebra durante a prova o piloto poderá se dirigir aos boxes aonde lhe será sorteado um novo kart podendo então retornar à corrida.

25 - Nas finais os pilotos poderão trocar de kart durante o qualify, porém esta troca será efetuada mediante sorteio, ou seja, caso algum piloto deseje trocar de kart durante os 5 minutos de classificação poderá fazê-lo mas ao entrar no box não terá direito de escolher o kart desejado e sim apenas o que lhe for sorteado na hora por um representante da organização. Esta troca poderá ser feita quantas vezes o piloto desejar mas caso em alguma delas este for sorteado com algum kart que já usou antes e não aprovou deverá aceitar o kart do mesmo jeito e dar pelo menos uma volta para trocar novamente.

26 – Nas preliminares, só serão aceitas trocas antes da largada no caso do kart ser considerado quebrado pelo kartódromo através de um mecânico ou funcionário competente. Nesse caso o piloto estará autorizado a alinhar em sua posição original no grid de largada. No caso das finais, caso algum piloto tenha entrado para trocar de kart após a bandeirada de encerramento do tempo de classificação, deverá largar dos boxes ou na última posição do grid de largada, o que melhor convier à situação de logística do evento.

27 – Não é permitido ao piloto em hipótese alguma mexer, tocar, preparar, calibrar ou efetuar qualquer tipo de regulagem ou alteração no kart que lhe foi sorteado tanto com o kart parado quanto em movimento. Todos os pilotos deverão sentar no kart que lhe foi sorteado e permanecer com as mãos no volante até que seja autorizada a sua saída para a pista. A única regulagem autorizada é a de posição de banco que será efetuada sob vistoria de um membro da organização.

28 – Não será permitido o uso de rádios comunicadores para orientar os pilotos dentro da pista ou para qualquer fim dentro do kartódromo. Tais equipamentos deverão ser utilizados exclusivamente pelas pessoas envolvidas com a organização do evento e com a única finalidade de se comunicarem entre si.

29 - Placas de comunicação, lousas e gestos com as mãos serão aceitos desde que os responsáveis por tais formas de comunicação com os pilotos se mantenham no local destinado ao público sendo proibida a entrada de pessoas não autorizadas na pista ou em áreas restritas.

 USO DE LASTROS E PESO MÍNIMO

30 – Todos os pilotos da Categoria MASTER deverão ir para a pista com um peso mínimo de 85 kg; todos os pilotos da Categoria GRADUADOS deverão ir para a pista com um peso mínimo de 100 kg. Em todos os casos considerando equipamento.

30a. Não há peso mínimo obrigatório para que um piloto participe de qualquer categoria, desde que este esteja devidamente lastreado conforme descrito no item 30.

31 – A capacidade máxima de lastro permitida pelo kartódromo em cada kart é de 25 kg, portanto os pilotos que não atingirem o peso mínimo obrigatório deverão providenciar lastro por conta própria. Por exemplo: um piloto que pesa 50 kg terá direito a 20 kg de lastro no kart atingindo um total de 70 kg. Nesse caso o piloto deverá providenciar pelo menos mais 15 kg para evitar ser desclassificado na pesagem após a prova.

32 – Deverão ser utilizados os lastros fornecidos pelo kartódromo e que são colocados na parte traseira dos karts. Para complemento de lastro, o piloto poderá carregar lastros particulares mas apenas sob forma de cintos e devidamente presos junto ao corpo do piloto e mesmo assim ainda haverá uma avaliação da organização do campeonato e da direção do kartódromo para verificar se o tipo de peso portado no corpo do piloto não coloca em risco a sua segurança e integridade física. Almofadas ou afins que se moldam ao corpo do piloto sem afetar sua posição na pilotagem e que contenham pesos serão analisadas pela organização do evento e poderão, ou não, terem o seu uso autorizado.

33 – O piloto que precisar trocar de kart é totalmente responsável em fiscalizar a troca de lastro também.

34 – Todos os pilotos serão pesados ao término de cada prova. Caso algum piloto apresente peso inferior ao estabelecido por este regulamento será desclassificado da bateria em que acabou de participar recebendo pontuação zero. Não há tolerância para estes casos mesmo que esta represente 10 gramas, por exemplo.

35 – Caso algum piloto necessite de uso de pedaleiras ou travesseiros e almofadas para alcançar os pedais visando seu maior conforto e segurança poderá usar desde que não altere as configurações originais do kart e nem ocasione atrasos tanto na entrada quanto na saída de sua bateria visando o bom andamento do evento.

PISTA, TRAÇADOS E TREINOS

36 – O Kartódromo disponibiliza diversas opções de traçados que poderão ser utilizados para o campeonato.

37 – O traçado a ser utilizado será definido pela administração do Kartódromo e será publicado no site com alguns dias de antecedência.

38 – Todo e qualquer tipo de treino livre está permitido cabendo aos pilotos e interessados realizar a reserva e relativos pagamentos diretamente no Kartódromo.

 PUNIÇÕES

 39 - As decisões da Direção de Prova são soberanas e irrecorríveis. Toda e qualquer decisão de pista será tomada apenas pela direção de prova do kartódromo. A organização do evento não responde por decisões que o Diretor de Provas venha a tomar.

40 - O piloto que desrespeitar seu companheiro, funcionários, membros da organização ou qualquer outra pessoa, terá sua ação avaliada pela organização do evento e poderá sofrer sanções que variam desde uma advertência até a expulsão do campeonato.

41 – O piloto que for flagrado desrespeitando os itens 27 e 34 deste regulamento será imediatamente desclassificado da bateria em que iria participar, ou que participou, recebendo pontuação ZERO. Em caso de reincidência será eliminado do campeonato.

42 – O piloto que desrespeitar os itens 28 e 29 deste Regulamento perderá 10 pontos na tabela de classificação geral. Em caso de reincidência será eliminado do campeonato.

43 – O piloto que receber bandeira de advertência (preta e branca) será punido com a perda de 3 (três) pontos na corrida.

44 – Caso ao final do campeonato algum piloto seja desclassificado por qualquer motivo que seja, os demais competidores abaixo deste subirão uma posição na tabela.

45 - A organização do evento é soberana para decidir a penalização que será aplicada em casos não previstos neste regulamento, podendo consultar seus diretores e até mesmo os demais pilotos para chegar a uma conclusão.

PREMIAÇÃO

46  - Serão premiados com troféus personalizados os 5 primeiros colocados de cada categoria.

CONCLUSÃO

47 - Todo piloto inscrito atesta que está ciente de toda a documentação aqui contida e aceita as normas de funcionamento do Kartódromo Ferrari Kart e deste torneio assim como está ciente de que em caso de faltas ou desistências não terá restituição dos valores pagos pela inscrição no campeonato.

48 - Todo piloto inscrito autoriza o uso de sua imagem em áudio, vídeo, foto e todo e qualquer tipo de material veiculado pela AMIKA seja para divulgação na imprensa, em seu site ou para uso comercial na venda de material do evento.

49 - Após o início do torneio as regras só poderão ser alteradas pela Organização  e apenas em casos extremos.

50 - O presente Regulamento foi elaborado pela AMIKA e cedido a organização do evento para utilização do mesmo.